Todos os nossos produtos são enviados para Presente. Cadastre-se e ganhe R$ 50 reais na primeira compra* Clique aqui

Conheça nossa tecnologia antiviral

ATMOSFERA

Compartilhe

Enquanto o mundo parou, surpreendido por uma pandemia em pleno 2020, a moda voltou seus olhos para tecnologias que nos auxiliassem a passar por esse momento e os seus posteriores desdobramentos da melhor forma. Funcionalidades que facilitam o nosso dia a dia deixaram de ser elementos supérfluos e se tornaram essenciais. Pensando no momento em que estamos vivendo e na evolução de comportamento e rotina do homem moderno, investimos em tecnologias que facilitam o nosso dia a dia, proporcionando a segurança e o cuidado que também estamos buscando.

"Em agosto de 2020 lançamos a nossa tecnologia antiviral em três modelagens diferentes que atendem o dia a dia do homem, desde o que sai para trabalhar, com uma camisa mais formal até o que está se movimentando apenas de forma esporádica"
Richard Stad – CEO Aramis

O QUE É A FUNCIONALIDADE ANTIVIRAL?

Feita com íons de prata, esta tecnologia promove a ruptura da membrana e inibe o crescimento e a persistência do vírus na malha, com um mecanismo de ação que bloqueia a ligação do vírus nas células hospedeiras, impedindo que o micro-organismo libere seu material genético no interior, reduzindo a capacidade infecciosa nas células.

"Apesar da tecnologia aplicada ser complexa, a camisa se mantém com um toque extremamente macio – um diferencial para este shape."
Mariana Nassralla – Diretora de Produto

AFINAL, O QUE SÃO ÍONS DE PRATA?

A prata já é muito conhecida no universo da ciência e medicina, sendo muito utilizada para evitar contaminações em cirurgias. Íons nada mais são do que micropartículas que bloqueiam funções básicas de microrganismos, impedindo que ela libere material genético.

"A prata não apresenta danos à saúde humana ou ao meio ambiente e não penetra na pele. Ela pode ser inclusive muito benéfica no uso de máscaras, como uma antibactericída que atua no controle da acne"
André Klein – CEO Dalila Têxtil

André Klein, CEO da Dalila Têxtil, malharia que startou o desenvolvimento desta malha no Brasil, conta que todas as químicas usadas no processo tecnológico deste tecido são verdes. Isso significa que não agridem o meio ambiente. André complementa: “na Dalila, a prata recircula no processo, não havendo descarte”.

O desenvolvimento dessa tecnologia começou em março e levou apenas dois meses para que todos os testes fossem feitos em laboratórios de universidades brasileiras, comprovando a eficácia contra o coronavírus. A Dalila tem um DNA inovador e já trabalhava com tecnologias como proteção UV e antibacterianas então foi natural que essa possibilidade fosse levantada logo no início da pandemia.

Desenvolvida à quatro mãos pela própria Dalila e em parceria com outra empresa brasileira de nanotecnologia, os testes científicos foram ágeis, possibilitando que em apenas cinco meses a Aramis já tivesse essa tecnologia disponível na loja online.

A malha ainda apresenta resistência a lavagens. Em testes realizados em laboratório, comprovou-se que a tecnologia permanece intacta para mais de 50 lavagens em temperatura ambiente em 99,9% dos casos.

Os testes desta malha foram realizados em laboratório independente, seguindo as normativas científicas reconhecidas internacionalmente, como a AATCC 100 (antibacteriana) e ISO18184 (antiviral).

.